“Act like a woman, think like a man”

Estava eu perdida nas músicas de 2012, quando me deparo com esta frase. O que me fez pensar há quantos anos nos tentam passar esta mensagem? Ser uma lady e agir como tal, mas pensar como um homem.  

Afinal o quê que isto quer dizer? Apenas me levanta mais perguntas. O que raio significa pensar como um homem? Qual é a amostra de homens que entram neste tipo de pensamento? Será que os homens também têm de pensar com um homem ou podem pensar como uma mulher? O que significa agir como uma mulher?

E porque raio eu tenho de ser ludibriada a pensar como um homem? Ou como uma mulher, as a matter of fact. E se eu quiser pensar como “eu”, Dalvia Rodrigues, uma pessoa?!

Eu nem vou falar do facto de ser uma cantora a reproduzir esta letra. Acho que é uma mensagem completamente errada por ser dirigida a outras mulheres. Se eu fosse uma adolescente talvez começasse a considerar que existe algum problema em pensar como uma mulher. E claro que isso teria impacto na confiança e no desenvolvimento do pensamento. Damos tanta importância ao empowerment das mulheres, mas parece que às vezes nos esquecemos destas mensagem subliminares.

O que me leva ao ponto seguinte. Será que podemos generalizar o pensamento de um género, de tal forma que conseguimos afirmar que um é mais correto que outro? Oh hell no! Of course not! Cada indivíduo pensa de uma forma única! E por mais que consigamos estabelecer algumas parecenças, não existe uma divisão clara, e não podemos fazer juízos de valor.

Não seria tão mais produtivo se divulgassemos essa autenticidade do pensamento, a sua exclusividade? Como cada ser é único e inimitável, bem como o seu pensamento, que é criado através da sua história de vida, das suas vivências, da cultura onde se insere, das pessoas com que convive. Oh well…

Anúncios

3 thoughts on ““Act like a woman, think like a man”

  1. Lari Reis diz:

    Há muitas questões nessa discussão…
    Não faz muito tempo que li um livro bem legal sobre empreendedorismo e mulheres. Nele, várias questões a serem percebidas, aprimoradas ou mudadas, inclusive o que homens precisam aprender a “pensar como mulheres” e mulheres a “pensar como homens”. É uma análise longa, porém interessante e embasada que, certamente, vai além da ideia contida na frase do texto/música. No mais, a individualidade realmente precisa ser mais respeitada.

    Liked by 1 person

Comenta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s