Clube do Livro – As Intermitências da Morte

“No dia seguinte ninguém morreu. O facto, por absolutamente contrário às normas da vida, causou nos espíritos uma perturbação enorme, efeito em todos os aspetos justificado, basta que nos lembremos de que não havia notícia nos quarenta volumes da história universal, nem ao menos um caso para amostra, de ter alguma vez ocorrido fenómeno semelhante, passar-se um dia completo, com todas as suas prodígias vinte e quatro horas, contadas entre diurnas e noturnas, matutinas e vespertinas, sem que tivesse sucedido um falecimento por doença, uma queda mortal, um suicídio levado a bom fim, nada de nada, pela palavra nada.”

Assim começa a obra de José Saramago, As Intermitências da Morte, onde o autor expõe da sua forma tão única os seus pareceres sobre a vida, a morte, o amor e o sentido da nossa existência.

intermitências

A morte, claro, é a personagem principal, e no início de um ano novo suspende as suas funções, já cansada de ser odiada pela população, tentando talvez ensinar-lhes uma lição. E portanto, as pessoas deixam de morrer.

Imagine-se um país onde simplesmente não há mortes. Os doentes permanecem num estado entre a vida e a morte, mas a última nunca chega. Nesta fase Saramago apresenta duras críticas tanto ao governo, como às religiões, chegando ao próprio rei. Demonstra ousadamente como cada um se aproveitaria da situação e lidaria face à mesma – as estratégias que surgem, as explicações que são dadas ao povo, a máfia que opera os seus negócios.

Pode até parecer à primeira vista um tema mórbido – também o é – mas o final é mais do que inesperado.

intermitencias2

Considerei esta escrita de Saramago muito mais acessível, em comparação com o Memorial do Convento, por exemplo, e conseguiu novamente prender-me ao livro, querer ler sempre mais um bocadinho, só mais uma frase, mais um parágrafo. Uma ótima forma de começar a maratona de livros que tenho planeada para 2015. Que venha o próximo 🙂

Anúncios

7 thoughts on “Clube do Livro – As Intermitências da Morte

Comenta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s