Esforço

Sabe sempre bem quando o nosso esforço é compensado, quando todo o trabalho vale a pena.

Acho que lutámos muito para ser reconhecidos, de uma forma ou de outra. E sentimos que apenas dessa forma o nosso esforço vale a pena.

A realidade é que nem sempre somos reconhecidos, e isso não nos devia entristecer, até porque já devíamos saber que as coisas nem sempre resultam como nós pensamos, e que as outras pessoas reagem sempre de forma aleatória.

Penso que devíamos parar de fazer as coisas pelo reconhecimento dos outros, e começar a fazê-las por nós mesmos: pela nossa felicidade, pela nossa satisfação, pelo nosso bem. Sem esperar nada em troca, nem reconhecimento nem agradecimento. Isto poupa-nos bastantes desilusões.

Se estivermos realmente felizes e orgulhos do que fizermos, o reconhecimento de terceiros não será o principal, e talvez nem o secundário. E quando fazemos as coisas por nós só temos de responder perante nós mesmos e a nossa consciência.

Sim, sei que é difícil não criar expetativas e não esperar absolutamente nada dos outros, até porque eu não consigo fazê-lo, mas é todo um percurso por percorrer, toda uma vida para aprender, e todo um auto respeito e amor próprio por vir.

oleg-oprisco-zupi-8

Anúncios

Comenta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s