O tempo passa rápido

O tempo passa rápido. Demasiado se me perguntarem. As pessoas crescem, mudam.

Os acontecimentos vão fazendo aniversários, e deixam de estar tão presentes na nossa mente. O mundo continua a girar, alheio ao que nos rodeia, e a nós, meros humanos, com os nossos sentimentos incertos e corações pesados.

O tempo passa rápido. As crianças crescem, enquanto brincam, alheias à confusão adulta, e quando se deparam com esta não sabem o que fazer. E os adultos pensam no tempo perdido, desperdiçado, roubado pela imaturidade.

Alternadamente somos levantados do chão, voamos às nuvens, conhecemos a lua e as estrelas. Mas repentinamente colocamos os pés no chão, ficamos horas, chocados, a olhar para o mesmo. Será que esteve sempre ali? A retirar-nos os nossos sonhos, o nosso brilho dos olhos…

O tempo passa rápido e tudo muda, mas tudo continua igual. As aves voam, e os pinguins continuam formais. O sol brilha, mas também há dias de chuva. O amor é lindo, mas continua a abusar de nós.

Quantas vezes terei de dizer que o tempo passa rápido para que isso mude? Para que ele pare e ordene ao relógio que pare de gritar aos meus ouvidos o temido “tic, tac”? É… por mais que o diga isso não mudará. O tempo nunca deixará de ser veloz por minha vontade. Nem ajudará a esquecer como muitos pensam. Pelo contrário, deixa a imagem nítida, de um passado distante, sem fim e sem retorno.

O tempo passa rápido. Todos sabemos, mas conseguimos viver com isso?

tumblr_ltmct8UqPX1qbtdvyo1_500

Anúncios

Comenta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s