Let’s talk about music

Bem, vamos falar de música. E acho que seria errado começar por outra coisa que não seja, a minha banda preferida do momento, e já à algum tempo: Mumford and Sons. Hoje não me saíram da cabeça e talvez seja mais justo serem eles hoje o tema principal aqui no blogue.
mumford_and_sons_largeConheci a banda à cerca de 3 anos, quando ouvi a “The Cave” repetidas vezes na MTV Rocks. E foi amor à primeira vista.

Logo depois surgiu o “Little Lion Man” e o “Roll Away Your Stone”, e nunca mais fui a mesma.

"Roll Away Your Stone"

“Roll Away Your Stone”

Literalmente! As músicas, as letras, as melodias começaram a comandar a minha vida, comecei a respirar Mumford and Sons, todos os dias, todo o dia.

"Liar"

“Liar”

Então comecei a querer mais… E pesquisei no Youtube arduamente, ouvi repetidas vezes, apaixonei-me múltiplas  vezes, chorei de alegria (não é tão bom quando a música nos faz chorar?!). Enfim… O primeiro albúm foi um sonho, com um “Sigh No More” esplêndido.

"Awake my Soul"

“Awake my Soul”

E daí fui a um concerto deles, ainda no ano passado, no Optimus Alive. Tudo o que eu esperava na palma da minha mão. As emoções no ar, o ar de espanto das pessoas ao ouvir uma banda tão desconhecida e tão boa, tão verdadeira.

"Awake My Soul"

“Awake My Soul”

Também no ano passado lançaram o seu segundo álbum. Que adorei da mesma forma, apesar de manter o primeiro com um amor especial. Este contém o “I Will Wait”, o “Lover Of The Light”, o “Hopeless Wanderer” e claro o “Babel”. Entre muitas outras que venero da mesma forma.

"The Enemy"

“The Enemy”

Podem perguntar-se o que raio tem esta banda de tão especial? Para mim, são as letras, cheias de paixão e de verdade. São os instrumentos, que eles movimentam a seu bel-prazer, com aqueles momentos mais parados que acalmam o coração, e aqueles em que ele salta e bate com mais força ao ritmo da música. São eles, como pessoas, e como encaram esta profissão e a eles mesmos. A sua paixão pela música que transborda em todas as músicas.

"Sigh No More"

“Sigh No More”

"After the Storm"

“After the Storm”

No início tinha pena que eles não tivessem muitos vídeos. Mas, rapidamente percebi que eles não eram os artistas convencionais. Eles centram-se na música e não nas pessoas. E é por isso que adoram atuar ao vivo, fazer digressões, e põem essas coisas triviais como os vídeos em segundo plano. E quando os fazem, estão a atuar, ou então nem sequer aparecem. Mais recentemente deram uso ao seu humor no “Hopeless Wanderer” com o uso de atores cómicos no vídeo.

E é por tudo isto que eu sou uma completa viciada neles e na música deles. E espero continuar, assim apaixonada, por muito mais tempo.

6ifxwl

Descubram mais por vocês mesmos!

Facebook

Site Oficial

Related articles

Anúncios

Comenta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s